sábado, 4 de junho de 2011

20 de maio de 2011

O mundo parece esta mudada, nem tudo esta no lugar, sinto uma força se movimentado dentro de mim, que me impulsiona lentamente para a morte certa, tenho me perguntado sobre o hoje e o amanha, mas na realidade sinto falto do passado.........
Tudo e uma imensa intriga de pessoas contra pessoas, uma teia interminável de variáveis de sensações e de emoções que estão relacionadas com a verdade que tanto eu e você fugimos a anos , o fatos de estarmos afogados no nosso próprio sangue que brota pelo nossa boca nariz e ouvidos. Somos responsáveis pelas crianças que morem de fome na esquina da rua, sou responsável pelo homem que explode o oriente, você e responsável pelo jovem que extermina crianças na escola ...........
Aos poucos o amor aquele sentimento tão belo que tanto ouvimos falar pelos mais velhos que venceram guerras e foram motivos de guerra se perde nessas nossas ilusões de um mundo perfeito, não vemos a beleza em uma flor que desabrocha, mas é tão belo o novo arranha-céu que a empresa x construiu como a família do vizinho e feliz e como o céu e perfeito. A imperfeição e nossa realidade profundamente fundamentada por nos seres imperfeitos e de mente tão mesquinha que nos impede de ver como as coisas são na verdade, o lixo do universo, a maldição dos deuses e o fogo destruidor esta escondida dentro de nos mesmos, nos consumindo a cada ano, mês e dia... Somos nosso próprio exterminador e a dor que nos causa é só o grito de um ferido nessa guerra de mete contra espírito e o lixo que sobra forma tua consciência medíocre e insana...
Somos isso tudo e mais, vamos olhar para dentro de nos mesmos e ver nossa própria veracidade em busca da verdade e sobre a realidade dentro de nos, parece confuso ne? Mas essa e a intenção? Cadê minha clareza e desdém contra as forças do bem? Onde você esta meu amor, porque me deixas assim a rastejar por você assim?

Nenhum comentário:

Postar um comentário